Cirurgia Plástica Durante a Pandemia e Quarentena devido ao novo Corona Vírus

Publicado por drwilliamitikawa em

Cirurgia Plástica Durante a Pandemia e Quarentena devido ao novo Corona Vírus

Durante o momento pelo qual estamos passando, tivemos que adiar algumas cirurgias eletivas. Algumas pacientes me questionam a respeito do atendimento/consulta a distância. A modalidade de telemedicina e seus recursos podem ser utilizados (conforme ofício 1756/2020 do CFM) durante a época de enfrentamento ao COVID-19, como medida de proteção dos profissionais de saúde e pacientes em isolamento. Fundamental lembrar que essa modalidade de consulta não dispensa os atendimentos presenciais que devem ser realizados antes e depois dos procedimentos.

Para os atendimentos presenciais, estamos retornando gradativamente de acordo com as recomendações da Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica.

As cirurgias que estão mantidas são apenas as reconstrutoras pós câncer. As cirurgias eletivas e explantes estão sendo retomadas gradativamente, com as pacientes realizando exames para COVID 19 no pré-operatório e respeitando as prioridades de cada caso. 

Comunicado SBCP

Levar pacientes (sem urgência e/ou de nossa especialidade ou outras) a consultas médicas em clínicas/consultórios/hospitais, mesmo observado todo rigor de prevenção, é romper o necessário e responsável isolamento social a fim de se evitar a possível contaminação e consequente disseminação viral. Não obstante é imprescindível manter a assistência (preferencialmente por teleorientação e/ou presencial caso necessário) de pacientes em tratamento e/ou acompanhamento.

Considerando a característica personalíssima de desenvolvimento da doença em cada organismo, podendo ir de assintomático a evolução dramaticamente fatal; resta claro que levar um paciente à tratamento cirúrgico (que não seja urgência e/ou excepcionalidade como relacionado a oncologia), é concorrer com imprudência e insegurança profissional, mormente a segurança do paciente. A evolução pós operatória de um paciente, primariamente hígido, com o Covid-19 pode trazer consequência dramáticas, que certamente invocará responsabilização do cirurgião. 

Acreditamos que em breve, com os aguardados testes rápidos anunciados pelo Ministério da Saúde, permitirão uma mudança segura de condução e orientações da pandemia no Brasil. 

Desta forma, recomendamos a todos os membros da SBCP, que permaneçam atentos as recomendações das autoridades sanitárias Federais, Estaduais e Municipais, bem como Conselho Federal de Medicina e Conselhos Regionais de Medicina. 

A SBCP anseia por um breve regresso de todos os cirurgiões a seus postos de trabalho, com a plena segurança, mantendo assim o elevado, reconhecido e respeitado padrão de excelência da Cirurgia Plástica brasileira. 

A cidadania e responsabilidade neste momento é “FIQUE EM CASA”. 

São Paulo, 01 de abril de 2020 

Diretoria Executiva Nacional
Comitê de Prevenção e Gestão de Informações – Covid-19 Sociedade Brasileira de Cirurgia Plástica

Até o presente momento (04/05/2020) a situação da saúde pública e privada em Curitiba encontra-se sob controle no entanto não podemos prever a evolução dos casos. 

As cirurgias plástica seletivas estão sendo gradativamente agendadas e, de acordo com a evolução do cenário, poderão ser novamente suspensas.

Contamos com a compreensão de todos vocês e esperamos retornar a normalidade assim que seja possível.

Muito obrigado e fiquem em casa 🙏


drwilliamitikawa

Médico Cirurgião Plástico em Curitiba -PR, especialista em Cirurgia Plástica Estética, Reparadora e Microcirurgia e Diretor Técnico do Hospital Erasto Gaertner, Hospital referência em oncologia.

0 comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Translate »